Compartilhe:


FOTOS:
 
Compartilhe:
Neguinho
Kleiber da Silva
Recompensa:
R$ 1 Mil
Nascimento:
25/01/1983
RG:
RG Nº. (I.F.P.) 130.165.07 - 9
Natural:
Rio de Janeiro - RJ
Situação:
Procurado
Crimes:
Latrocínio

1 - Latrocínio (Art. 157, § 3º, 2ª parte - CP)

2 - Roubo Majorado (Art. 157, § 2º - CP), incisos I, II e V
Facção:
Comando Vermelho - CV
Função:
Assaltante e Homicida
Área de Atuação:
Pavuna, Mesquita e Nilópolis
Histórico:
Kleiber da Silva, o Neguinho, é procurado pelo fato de que no dia 24 de março de 2011, o policial civil Rafael Aníbal Ferreira Faria, foi baleado e morto na Estrada do Rio do Pau, próximo ao Chapadão, na Pavuna. O policial, que era lotado na 13ª DP (Ipanema), e seu irmão estavam em um carro quando foram rendidos por cinco bandidos armados, em outro automóvel, em Nilópolis, na Baixada Fluminense. Um dos criminosos percebeu a movimentação de Rafael, que tentava esconder sua arma, e resolveu levá-lo junto com o irmão, cada um em um veículo.

Quando passavam pela Estrada Rio do Pau, nas proximidades do Morro do Chapadão, Rafael teria percebido que a porta do carro não estava trancada e, aproveitando um sinal vermelho, saiu correndo. Um dos bandidos atirou contra ele, que morreu a caminho do Hospital Carlos Chagas, em Marechal Hermes. O irmão do policial foi deixado no local. Ele teria tido uma crise nervosa ao saber da morte de Rafael.

Um dos assassinos do policial foi identificado como sendo Kleiber da Silva, que faz parte do tráfico de drogas Morro do Chapadão e também de favelas em Nilópolis ou Mesquita. Junto a ele estava Cinério Santos de Carvalho, vulgo “Beiçola” que foi preso recentemente por policiais do 41º BPM/Irajá.

Contra Kleiber da Silva, consta pelo Sistema de Cadastramento de Mandados de Prisão – Polinter – 4 (quatro) mandados de prisão, expedidos pelas seguintes Varas Criminais: 35ª Vara Criminal da Capital – (2X) – expedido em 09/05/2012 – CPB 157; 32ª Vara Criminal da Capital – expedido em 25/03/2011 – CPB 157, § 3º e Comarca da Capital – expedido em 20/12/2010 – Lei 11343/06.
Pelo Sistema de Identificação Criminal, constam 6 (seis) anotações: 64ª DP – 17/08/2003 – artigo 157 § 2º inciso I e II do CP – 2ª Vara Criminal da Capital; 33ª DP – 02/11/2007 – artigo 157, § 2º I e II do CO e artigo 288 do CP –; 66ª DP – 12/05/2010 – artigo 33 da Lei 11343/06 - Vara Criminal de Magé/Regional Inhomirim; DRFC – 2011 – artigo 157 § 3º 2º parte do CP – 32ª Vara Criminal da Capital; DH – 24/03/2011 – artigo 157 § 3º 2ª parte do CP e DRFC – 27/07/2011 – Roubo Majorado artigo 157 – 35ª Vara Criminal da Capital.

Pelo Sistema de Identificação Penitenciária, consta que o procurado Kleiber da Silva, já teve passagem pelo sistema carcerário. Ele ingressou em 14/10/2003, indo cumprir pena na Cadeia Pública Cotrim Neto – SEAPCN – saindo em liberdade em 04/04/2007 – da Penitenciária Moniz Sodré – SEAPMS -.

Pelo Sistema de Cadastramento de Ocorrências Policiais: DH – 2011 – Roubo Seguido de Morte Provocado por Projétil de Arma de Fogo e 42ª DP – Roubo com Condução para Saque em Instituição Financeira.


0087769-58.2011.8.19.0001

Tipo do Movimento:
Decisão – Decretação de Mandado de Prisão
Descrição:
1. Trata-se de pedido de decretação da prisão temporária do indiciado, com o intuito de coibir a atuação ilícita dos investigados, , KLEIBER DA SILVA a garantia da instrução criminal. 2. Consta dos autos, que os indiciados teriam praticado crime de latrocínio contra a vítima, Rafael Annival Ferreira Farias, policial civil. 3. A Lei n. 7.960/89 das exige como requisitos à decretação da prisão temporária que a hipótese diga respeito a um dos crimes definidos pelo inciso III, do art. 1º, somada um dos outros requisitos estabelecidos pelos incisos I e II. Nesse sentido: ADA PELLEGRINI GINOVER, Constitucionalidade da prisão temporária, Cadernos de Doutrina e Jurisprudência da Associação Paulista do MP, SP, 1993, 27/49. 4. Assim, sendo verifica-se que há fortes indícios da autoria do crime de homicídio, com o reconhecimento dos indiciados por duas testemunhas presenciais do crime. 5. Portanto, presente a hipótese definida pelo art. 1º, inciso III, alínea ´a´, da Lei 7.960/89. 6. Por seu turno, verifica-se grave risco investigação criminal, considerando que os indiciados evadiram-se do local após a prática do crime, sugerindo a intenção de furtar-se à aplicação da lei penal, fazendo-se necessário, pois, o seu acautelamento para que a persecutio criminis e a consequente punição sejam realizadas. 7. Presentes o fumus boni iuris e o periculum in mora, DECRETO A PRISÃO TEMPORÁRIA do indiciado pelo prazo de 30 dias, na forma do artigo 2º, par. 3º, da Lei n. 8.072/90. EXPEÇAM-SE MANDADOS DE PRISÃO.
Fonte:Tribunal de Justiça do Rio de Janeiro – 25/03/2011

Processo nº: 0280285-08.2011.8.19.0001
Tipo do Movimento: Publicação de Edital
Descrição: EDITAL DE CITAÇÃO E NOTIFICAÇÃO (Com o prazo de 15 dias) O MM. Juiz de Direito, Dr.(a) Guilherme Schilling Pollo Duarte - Juiz em Exercício do Cartório da 35ª Vara Criminal da Comarca da Capital, Estado do Rio de Janeiro, FAZ SABER que o Promotor de Justiça Titular deste juízo, denunciou o nacional Kleiber da Silva - Estado Civil: Solteiro - Data de Nascimento: 25/01/1983 Idade: 29 - Filiação: IFP/DETRAN: 13.016.507-9 Emissor: IFP/DETRAN - Endereço: Rua Tomás Delfino dos Santos, nº 26 - CEP: 21655-730 - Anchieta - Rio de Janeiro - RJ, acusado nos autos de nº 0280285-08.2011.8.19.0001, oriundo do Inquérito, nº 121/11 de 29/07/2011, da DRFC- Delegacia de Roubos de Furtos de Cargas, como incurso no(a) Ação Penal - Procedimento Ordinário - Roubo Majorado (Art. 157, § 2º - CP), incisos I, II e V, . Como não tenha sido possível citá-lo(a) e nem notificá-lo(a) pessoalmente, por se encontrar em local incerto e não sabido, pelo presente edital, cita e notifica o(a) referido(a) acusado(a) para responder aos termos da ação penal, por escrito, no prazo de dez (10) dias onde poderá arguir preliminares e alegar tudo o que interessa à sua defesa, oferecer documentos e justificações, especificar as provas pretendidas e arrolar testemunhas. Não apresentada a resposta no prazo legal, ou se o(a) acusado(a) citado(a), não constituir defensor, o juiz nomeará defensor público para oferecê-la. O prazo começará a fluir a partir do comparecimento pessoal do acusado(a) ou do defensor constituído (art. 396, CPP). O processo seguirá sem a presença do(a) acusado(a) que citado(a), deixar de comparecer sem motivos justificados (art. 367 do CPP). E para que chegue ao conhecimento de todos e do referido acusado(a), foi expedido o presente edital. Rio de Janeiro, 10 de setembro de 2012. Eu, ______________ Beatriz Almada Rodrigues - Responsável pelo Expediente - Matr. 01/22227, o subscrevo.


(Atualizado em 29/10/2012)
Processos Judiciais
ORIGEM
PROCESSO
EXPEDIÇÃO
Comarca da Capital
0449825-88.2010.8.19.0001
20/12/2010 - Lei 11343/06
Comarca da Capital/32ª Vara Criminal
0087769-58.2011.8.19.0001
25/03/2011 - CPB 157
Comarca da Capital /35ª Vara Criminal
0280285-08.2011.8.19.0001
09/05/2012 - CPB 157
Comarca da Capital /35ª Vara Crimina
0280285-08.2011.8.19.0001
09/05/2012 - CPB 157
1